quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Estou de volta

Depois de uma ausência demasiado prolongada, estou de volta...a vida é mesmo assim, sempre a testar-nos a desafiar-nos :)

Muita coisa mudou entretanto, como seria de esperar...mudar não é mau, é bom na verdade não tenho medo da mudança mesmo que esta nem sempre seja para melhor, a verdade é que nos ajuda a crescer a evoluir...acredito e sei que passar por maus momentos é crucial para a nossa evolução como pessoas, a nossa capacidade de lidar com as situações e de resolver problemas desenvolve-se imensamente, assim como a nossa capacidade de dar valor a coisas que antes não daríamos.

Deixei o trabalho "seguro" que me sugava as energias, assim como tempo, demasiado tempo, precioso tempo...sei que somos incentivados desde cedo a arranjar um emprego, estável, seguro e que o devemos manter até à altura da reforma, mas recuso-me a fazê -lo.
Trabalho desde os 15 anos, na maioria do tempo fiz coisas que não me preenchiam, e alguns deles ia mesmo contrariada e sentia me infeliz, mas lá está há que pagar as contas e ter um trabalho "fixo".

Cheguei a uma altura da minha vida que disse BASTA, basta de me queixar da vida que levo, basta de arranjar desculpas esfarrapadas, basta de adiar os sonhos porque é "tarde de mais".
Decidi passar á ação, a minha formação estava estagnada porque não tinha o tempo que gostava para dedicar aos estudos, e por sua vez sentia-me frustrada, coloquei uma meta de sair do meu trabalho para me dedicar ao que realmente queria, e assim foi.

 Dito isto hoje encontro-me a terminar a minha formação e a dar aulas na escola, tenho mais tempo livre, e por isso espero dedicar-me novamente ao blog e a outro projeto que entretanto surgiu, e que mais para a frente irei partilhar convosco.

Este post serve, principalmente, para pedir desculpas aos meus seguidores mais antigos e para dar as boas vindas aos novos, vou passar a estar mais ativa a partir de agora...obrigada a todos os que continuaram a visitar o blog e a deixar mensagens...Estou de volta :)






terça-feira, 3 de novembro de 2015

Mês de Novembro Sem Glúten - Dia 1 e 2

Olá....espero que estejam todos bem, eu estou embora por vezes pareça que migrei :p

Bom, hoje venho falar-vos do meu mais recente desafio (que espero que corra melhor que o último), durante o mês de Novembro vou deixar o glúten de lado, os motivos são vários, como já mencionei antes sinto-me muito melhor quando não o consumo, mais leve e energética e acabo por consumir mais fruta que é realmente o que me deixa a sentir melhor, e sim gosto de bolinhos e torradas e lasanhas e pratos elaborados, mas a alimentação mais simples rica em fruta e vegetais é a melhor, vou fazê-lo também para dar um empurrãozinho a uma boa amiga que como eu vai ficar um mês sem comer glúten (eu assim espero), no caso dela por motivos de saúde.
Como felizmente não sou celíaca, posso "escorregar" e consumir produtos duvidosos como a aveia (alguma aveia contém glúten por contágio do trigo que muitas vezes é semeado nos mesmos terrenos) mas vou esforçar-me para que isso não aconteça (não na parte da aveia...vou consumir muita aveia porque adoro)!!

O que vou fazer é semelhante ao que fiz no rawtill4, irei publicar e falar um pouco do que comi nesse dia, com as típicas fotos ranhosas que tão bem me caracterizam :p e falar das alterações que possa (ou não) vir a sentir...vou postar algumas receitas novas a princípio... e é isso!!


Dia 1

No domingo dia 1 de Novembro comecei o dia com umas papas de aveia com banana e um mega café... depois da festa de Halloween da noite anterior teve mesmo que ser :p 
Almocei na minha mãezinha como já é hábito aos domingos, ela preparou um caril de grão e legumes com arroz e salada que eu comi com prazer resistindo ao pão fofinho de aspecto delicioso que estava mesmo á minha frente :p
Como sobremesa comi 2 mochis especiais Halloween e por isso a cor verde e vermelha. Para quem não sabe o que são mochis, são um doce japonês se não estou em erro mas que se come por todo o oriente, e é feito com massa de arroz glutinoso, e é recheado com pasta de feijão, ou de sésamo ou, como foi o caso com manteiga de amendoim. Quem faz estas delicias é o meu namorado que insiste em guardar a receita só para ele...quem sabe um dia não o convenço a partilha-la aqui no blog :)  
Para o lanche fiz pela primeira vez umas panquecas sem glúten que ficaram aprovadissímas (vou partilhar a receita em breve) e um chá.
O jantar foi fraco porque estava ainda cheia das panquecas, como fui ao Vitaminas escolhi uma salada só com alface (apesar de eles terem massa sem glúten, não estava com apetite para tal), bróculos, azeitonas, bolinhas de soja, feijão frade e laranja, estava uma bela porcaria os bróculos congelados e feijão arruinaram o que até poderia ter sido uma salada decente...áahhh não há nada como comidinha caseira.

                             

Dia 2

Segunda feira comecei logo bem o dia acordando á hora que deveria estar a sair de casa, e por isso só tive tempo de comer uma manga e beber água. Chegando ao trabalho (atrasada) bebi um café e algum tempo depois comi 2 cachos grandes de uvas.  Ao almoço comi um grande prato de grão, cenouras e nabiça e couve cozidas, com um pouquinho de azeite vinagre e alho em pó que me soube super bem, e não estou a mentir quando digo isto, gosto mesmo de legumes cozidos...muito.
Saí do trabalho depois da hora e fui a correr para a escola, mas antes passei no celeiro com esperança de comprar umas bananas, mas que eles tinham estavam verdes então optei por um pacote de leite com chocolate e umas bolachas também de chocolate, sem glutén que nunca tinha provado. Não foi o lanche ideal prefiro sempre comer fruta mas até gostei das bolachas...fazem me lembrar as oreo mas sem a parte branca que não gosto.
 Para o jantar cozi batatas com casca, que é como eu gosto delas e fiz um molho para acompanhar fiquei a rebentar pelas costuras :p mais tarde bebi um chá de lucia-lima.



E foram assim os meus primeiros dias sem glúten, amanha há mais...Ciao!!


segunda-feira, 5 de outubro de 2015

1º video Youtube - teste :)

Há tempos perguntei no Instagram e no Facebook o que é que achavam de eu começar a fazer uns vídeos sobre veganismo e não só, e as respostas foram muito positivas, no entanto a vergonha e a falta de jeito têm me impedido de o fazer.
 Sendo que tenho de começar por algum lado, e quanto mais cedo melhor, fica aqui o meu primeiro video que funciona de teste, para perder a vergonha e tentar perceber como é que as coisas funcionam :D



Aproveito para apresentar a Missy, a grande protagonista deste video :D

  Ciau...

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Leite de Côco, Granola de Cacau e Manteiga de Amendoim - Bimby

Gosto imenso de fazer em casa, as coisas que normalmente compro. É mais económico para a carteira e para o ambiente, para não dizer que é mais saboroso, anda por cima tenho uma bimby que me facilita imenso, o que não tenho mesmo de sobra é tempo.

Esta segunda feira cheguei mais cedo a casa depois do trabalho e enfiei-me na cozinha a "matar saudades".
 Fiz leite de côco pela primeira vez, a granola de cacau também foi uma estreia e a manteiga de amendoim apesar de não ter sido a primeira vez foi aperfeiçoada para, como disse o meu namorado "A melhor Manteiga de Amendoim que eu já comi."

Já todos sabem  do meu problema com as fotos. Para os que não sabem ficam a saber que normalmente são poucas e de má qualidade :p



sexta-feira, 15 de maio de 2015

Papas (de aveia) à António

No fim de semana passado, fui a um "Retiro" de Yôga, organizado pela escola onde estou a fazer a minha formação Yôga 5 de Outubro.
Foi um fim de semana maravilhoso, cheio de boas experiências, praticas, passeios, muitos risos, boa comida e especialmente muito companheirismo. Revi pessoas que conheci no ano passado, e conheci pessoas novas e fantásticas, uma delas foi o António.

O António foi parar ao retiro por intermédio da sua linda mulher, nunca tinha feito nada do género, não pratica Yôga, e nunca tinha comido papas de aveia, e também ficou deliciado com as papas que nos foram servidas, e por isso decidi fazer este post para lhe mostrar como são feitas.

Quem me segue sabe que durante muito tempo tive por hábito ao pequeno almoço comer papas de aveia que preparava no microondas e juntava bananas, já não o faço até porque me livrei do microondas, mas a verdade é que ADORO e por isso vou partilhar "a minha" receita de papas de aveia que não é nada de extraordinário acho que é a receita básica e provavelmente não é nova para muita gente, mas que vou partilhar na mesma. Estas papas podem ser feitas e reservadas no frigorífico para consumir nos dias seguinte para aqueles que não têm muito tempo, como o António.

Ingredientes (4 doses)

* 4 chávenas de água
* 2 chávenas de aveia (usei as do Aldi)
* Pau de canela
* Casca de limão
* Pitada de sal
* Colher de sopa de açúcar (opcional) usei mascavado

 O primeiro passo é ferver a água com o pau de canela a casca de limão o sal e o cardomomo para quem quiser (eu por acaso não tinha)

Para aqueles que não conhecem o aspecto de água a ferver com limão sal e canela :p



Quando a água borbulhar acrescente a aveia e vá mexendo até a água desaparecer quase por completo, o que deve demorar cerca de 5 min 


A qualidade das minhas fotos não pára de me surpreender -.-

Depois de prontas deixe arrefecer antes de reservar em caixas individuais para comer no dia seguinte e não perder tempo neste processo, ou pode levar para o trabalho se for esse o caso, e aquecer no microondas acrescentando um pouco de leite (vegetal claro :p) e fruta a gosto, eu gosto e acrescentar bananas.

Como fiz estas de manha acrescentei uma maça e canela e ficaram deliciosas, sem dúvida muito melhores que as feitas no microondas :)



Pode juntar varias coisas ás suas papas como passas, côco ralado ou em lascas (bolas devia ter posto côco nas minhas), sementes de qualquer coisa frutos secos, pepitas de chocolate ou nada, se preferir. 
As papas de aveia são super nutritivas e são uma excelente forma de começar o seu dia e saciar a fome de forma eficaz, confesso que muitas vezes são o meu almoço :p

Espero que experimentem e que gostem, se tiverem alguma dúvida é só perguntarem, e para finalizar o post deixo-vos uma selfie do António tirada no retiro.                                                                                                                                              








































Como podem ver super dedicado á pratica e á permanência nos ásanas



Ciau...